• English
  • Português
  • Español
Mais forte e respeitado

Meio Ambiente

Brasil combina desenvolvimento econômico com preservação ambiental e torna-se exemplo para o mundo

Com Lula e Dilma, o Brasil tornou-se referência mundial em preservação do meio ambiente.

Reduzimos em 79% o desmatamento na Amazônia, com fiscalização rigorosa e oferta de alternativas econômicas sustentáveis às populações locais / Foto: Neil Palmer (CIAT)

Reduzimos em 79% o desmatamento na Amazônia, com uma fiscalização rigorosa e a oferta de alternativas econômicas sustentáveis às populações locais.

Investimos como nunca em fontes alternativas de energia e construímos, com impactos ambientais cada vez menores, as grandes hidrelétricas que o país precisa para continuar crescendo, gerando um número recorde de empregos e promovendo a ascensão social de milhões de brasileiros.

Criamos novas unidades de conservação e ampliamos as já existentes, aumentando em mais de 50 % a extensão total de área protegida.

Somos líderes mundiais em redução de emissão de gases de efeito estufa (GEE). Entre 2010 e 2013, o Brasil deixou de lançar na atmosfera uma média de 650 milhões de toneladas de dióxido de carbono por ano.

De acordo com a organização Union of Concerned Scientists – UCS (União dos Cientistas Preocupados, em português), especializada em florestas tropicais, agricultura e clima, os recordes do Brasil em redução do desmatamento deram uma extraordinária contribuição à luta contra o aquecimento global. Afirma a UCS, com o aval da ONU: o Brasil fez pelo planeta "mais do que qualquer outro país na Terra".

Em 12 anos, mostramos ao mundo que é possível conciliar desenvolvimento econômico e preservação do meio ambiente.

O planeta Terra agradece.